Educação corporativa: faça sua equipe crescer com a empresa

Educação corporativa: faça sua equipe crescer com a empresa

A educação corporativa nas empresas é uma prática que integra os universos da gestão de pessoas e da gestão do conhecimento. Sua estratégia tem foco, principalmente, no longo prazo, mas suas vantagens também podem ser sentidas imediatamente.

Muito mais que um simples treinamento, a educação corporativa tem o desafio de contribuir para otimizar as habilidades individuais dos colaboradores e, por isso, está atrelada ao processo de inovação e ao aumento da competitividade no mercado.

Uma vez que vivemos um cenário altamente instável e dinâmico no mercado, a prática é cada vez mais essencial para organizações pequenas, médias e grandes, que buscam se diferenciar da concorrência.

Afinal, dentre outras questões, a educação nas empresas ajuda a manter um time motivado e engajado, de forma que conquiste mais resultados não apenas financeiros, mas também de produtividade, gestão empresarial e ambiente organizacional.

A educação corporativa chega para promover a melhoria da comunicação, deixando-a direta e transparente. Colaboradores bem treinados executam os serviços de forma mais precisa e otimizada e são provocados a entender e praticar o que existe de mais novo e moderno no mercado.

Falando em outras palavras, o foco consiste em promover o desenvolvimento dos funcionários e o crescimento da organização como um todo. A ideia é, essencialmente, criar um cenário de aprendizado contínuo, em que a equipe e a própria empresa cresçam de forma sustentável e sem interrupções.

No Brasil, a prática ainda é um pouco negligenciada. No entanto, uma vez que as empresas estão desenvolvendo seus processos de gestão de modo cada vez mais rápido, precisam mudar essa realidade e entregar o seu melhor nas atividades do dia a dia.

Missão da educação corporativa

A educação corporativa é um conjunto de ações com foco na formação teórica e prática de funcionários. Ela prioriza atividades de motivação, melhoria do clima da empresa, transparência, além da comunicação clara e direta

É um trabalho que contribui para o desenvolvimento da gestão do conhecimento da empresa e ajuda na evolução de comportamentos, atitudes e habilidades técnicas. Além disso, realiza a integração dos colaboradores com a cultura organizacional.

Com relação à sua missão, podemos destacar, principalmente, três pontos: a melhoria da produtividade dos times; a otimização da gestão de tempo; e o desenvolvimento do senso de gestão e liderança.

Também, a educação corporativa ainda tem o objetivo de ensinar os funcionários a realizar os procedimentos de forma mais precisa, a promover a qualificação contínua das equipes e a demonstrar o funcionamento da cadeia de negócios da organização como um todo.

É claro que esses objetivos variam de empresa para empresa, mas, em tese, eles se aplicam aos mais diversos tipos e tamanhos de organizações.

Principais vantagens da educação corporativa

Antes de pensarmos em como aplicar a educação nas empresas sem sobressaltos, ou seja, entregando resultados reais para o empreendimento, é essencial entender melhor quais são as várias vantagens de promover aulas e cursos dentro das organizações.

De fato, a prática pode proporcionar uma série de vantagens para um negócio. Investir em treinamentos para colaboradores permite que você tenha um time muito mais engajado e motivado. Também é essencial para a tomada de decisão, a rapidez nas resoluções de problemas e, como já destacamos, as melhorias na comunicação interna ou externa.

Nesse contexto, é válido destacar que as vantagens da educação corporativa variam conforme o nível e o segmento de atuação do seu negócio. Apesar disso, existem benefícios que são considerados universais.

Quando você oferece uma educação corporativa na sua empresa, significa que está entregando um valor contínuo para os seus colaboradores.

Isso vai refletir principalmente em relação à concorrência, uma vez que um treinamento educacional dentro da empresa vai assegurar que os objetivos de gestores e de funcionários sejam unificados.

Em outras palavras, quando você aplica um projeto de educação corporativa na empresa, proporciona que os problemas do dia a dia sejam resolvidos de maneira muito mais precisa e focada.

Mais produtividade

Com a prática aplicada à realidade do seu negócio, os funcionários terão ferramentas para exercer o seu trabalho com mais agilidade e qualidade.  Assim, você terá uma equipe que vai produzir e vender muito mais.

Os funcionários executarão suas tarefas da melhor forma possível e ainda receberão as melhores instruções para otimizar os seus processos.

Isso quer dizer que o profissional se torna muito mais eficiente e pode, por exemplo, fazer o trabalho que duas pessoas faziam sem se sobrecarregar. Ou seja, significa menos tempo envolvido na realização das tarefas e menos chances de erros, o que aumenta, efetivamente, a produtividade.

Mais inovação

É interessante imaginar que, quando um colaborador passa a dominar as suas atividades como um todo, entende com maior profundidade por que faz o que faz. Assim, ele torna-se muito mais confiante para executar as tarefas que lhe são incumbidas.

Nessa perspectiva, quando ele realiza um treinamento de educação corporativa, passa a ter mais condições de avaliar novos processos de uma maneira mais crítica. Com isso, imagina melhorias de forma cada vez mais natural e passa a ser uma pessoa com alto potencial de gerar inovação para os produtos e serviços da empresa.

Melhoria do ambiente organizacional

Nos dias atuais, um clima amistoso e de ajuda mútua é essencial para a empresa ter sucesso. Por outro lado, um ambiente pesado, com falta de parcerias e excesso de conversas informais, gera muitos desgastes, o que acaba refletindo nos resultados do negócio.

Quando os colaboradores realizam um treinamento corporativo, porém, eles se sentem mais valorizados pela organização.

Dessa forma, eles ficam mais motivados para realizar suas tarefas como um todo, o que também acaba refletindo nas relações com os colegas. O resultado é um impacto positivo e direto no clima da empresa.

Menor turnover

A educação corporativa também contribui para diminuir a taxa de rotatividade dos colaboradores da empresa, que também é conhecida como turnover. Ou seja, a prática é ótima para reter os talentos da organização.

Uma vez que um funcionário realiza um bom treinamento, ele fica mais motivado e se sente como uma peça-chave para os propósitos da empresa. Assim, as chances de ele buscar novos trabalhos no mercado diminuem consideravelmente.

Valor para as empresas

Uma organização que investe em educação corporativa, definitivamente, sai na frente dos seus concorrentes e ainda recebe um ótimo retorno dos seus colaboradores em termos de engajamento, motivação e produtividade.

Quando há investimento em educação corporativa, a organização aumenta substancialmente as chances de entregar produtos e serviços com muito mais qualidade, de maneira rápida e muitas vezes encantadora, o que vai dar muito mais credibilidade à sua organização.

Os efeitos da educação corporativa, em geral, são sentidos de maneira contínua, o que possibilita ganhos permanentes e sustentáveis. Colaboradores, clientes, fornecedores e outros públicos da empresa sempre se lembrarão de como o seu negócio gerou impacto em suas vidas, e isso é algo extremamente valioso para a estratégia de qualquer companhia.

Assim, um dos principais ganhos para o negócio é relacionado à geração de valor, uma vez que é possível conciliar um discurso, o que ajuda na tomada de decisões do negócio e na entrega de produtos e serviços com padrão e qualidade.

Mais criatividade

Uma outra vantagem é em relação à criatividade, pois a educação corporativa acaba despertando novas ideias e conceitos junto aos colaboradores. Com isso, novos elementos acabam sendo transmitidos no dia a dia dos funcionários, o que reflete na entrega de produtos e serviços para os clientes.

Além disso, a comunicação torna-se muito mais direta, objetiva e clara. Isso sem falar no autocontrole. Com funcionários bem treinados, fica muito mais fácil, por exemplo, reagir a situações de estresse, que são bem comuns no dia a dia de qualquer empresa.

Toda essa situação assegura um ambiente extremamente favorável para a criatividade.

Empresas mais humanas

Investir em cursos e treinamentos que desenvolvam as habilidades dos colaboradores dentro das empresas faz com que a organização se torne muito mais humana e responsável.

Nesse sentido, vale destacar que estamos falando de um trabalho que exige muito esforço, dedicação e comprometimento. Mas, sem dúvidas, ao implementar uma cultura de aprendizado, você estará levando a sua empresa a um nível mais alto e provavelmente muito diferenciado em relação à concorrência.

Em outras palavras, adotar a educação corporativa é uma forma de acompanhar o progresso da sociedade. Isso significa que é essencial integrar os funcionários da organização ao cenário de crescimento exponencial que vivemos no mundo de hoje.

Como aplicar a educação corporativa

A esta altura, você pode estar se perguntando: mas como aplico a educação corporativa na minha empresa?

Neste texto, vamos mostrar que existem diversas formas de contar com a prática no dia a dia da organização. Em primeiro lugar, a empresa precisa definir um planejamento de como a educação corporativa de seus colaboradores será desenvolvida. É preciso, por exemplo, pensar no custo-benefício das ferramentas que serão buscadas no mercado.

Nesse contexto, vale dizer que as aulas podem ser feitas de forma presencial ou pela internet. Quando trata-se de uma educação a distância, há mais economia de recursos e de tempo, mas não necessariamente é a melhor opção.

É certo, porém, que muitas empresas têm adotado a educação pela web, que também possibilita mais autonomia e flexibilidade de horários para o aluno.

Mais importante que a modalidade, no entanto, é ter clareza em relação ao planejamento. É necessário saber aonde a sua empresa quer chegar por meio de um projeto de educação corporativa.

Além disso, é preciso que os problemas da empresa estejam claros, a fim de que possam ser atacados por meio de uma estratégia de educação corporativa. A partir dessa perspectiva, é essencial realizar um diagnóstico da situação organizacional, com foco na análise dos objetivos a serem atingidos e dos problemas a serem resolvidos.

Como aplicar a educação corporativa

O que você pretende com a aplicação da educação corporativa na sua empresa? Quem são os funcionários que participarão das aulas e como são os seus perfis? Que tipo de atitude a empresa precisa mudar nos seus colaboradores?

Eles têm, por exemplo, alguma dificuldade a ser superada? Qual tipo de educação será promovida: presencial ou pela web? Se for presencial, você tem algum espaço em mente? Se for pela web, qual plataforma deverá ser utilizada?

Respondidas questões como essas, é a hora de colocar a mão na massa. Por isso, vamos dar dicas essenciais para você realizar um ótimo trabalho de educação corporativa no seu negócio. Acompanhe!

Planeje a sua estratégia

Como já destacamos, o planejamento estratégico é uma das principais ações no momento trabalhar a educação corporativa no seu negócio. É essencial fazer um levantamento completo de todas as necessidades da sua organização em termos de educação.

Nesse sentido, é necessário ter um conhecimento profundo do seu público, de forma que a ação direcionada tenha maiores chances de ser realizada com sucesso.

Para aplicar um projeto educacional com um funcionário, tenha em mente questões como o seu nível de educação, a sua idade e os seus interesses. Também é essencial fazer um levantamento sobre a sua rotina de trabalho, principalmente em relação aos pontos de melhoria.

Nunca comece um curso antes de checar de forma cuidadosa como serão a abordagem e a linguagem utilizadas. Não adianta nada, por exemplo, ensinar inglês do nível avançado para quem nunca teve contato com o idioma, não é verdade?

Caso você tenha o objetivo de trabalhar a educação corporativa com o público externo, incluindo clientes, fornecedores e comunidade do entorno, é imprescindível definir de forma clara o que a sua empresa pretende entregar para essas pessoas.

Dessa forma, é preciso que você conheça o público que quer atingir, para entender os seus desejos e necessidades. Além disso, também é essencial procurar estabelecer uma rotina de estudos que esteja adequada aos interesses e expectativas desse público.

Elabore as suas ideias

Realizado o planejamento, chegou o momento de elaborar as ações. Quando você for fazer isso, deve definir, por exemplo, os temas que serão apresentados nas aulas e determinar quem serão as pessoas que vão ministrar as aulas. Geralmente, são os próprios gestores que cumprem esse papel, mas nada impede sua organização de contratar um especialista de fora.

Após definir os temas que serão estudados, também é muito importante imaginar o modelo de ensino e as tecnologias a serem aplicadas.

A sua empresa ainda precisa saber como cada curso ou aula vai contribuir para o seu negócio. Isso talvez seja um dos principais desafios: transformar a teoria em prática.

Afinal, de que adianta investir recursos em algo que não trará resultados para a sua organização? Portanto, para que você atinja os seus objetivos com educação corporativa, terá que mensurar dados e questões, como o tempo de realização de cada ação e o seu custo.

Montar um plano de aulas de forma detalhada, por exemplo, vai ajudar muito nesse momento de elaborar suas ideias. Por isso, coloque no papel todos os assuntos que vai destacar em cada aula, os seus objetivos, indique o professor e pense nas tecnologias e nos materiais de que vai precisar.

Dessa forma, você conseguirá visualizar todo o processo de maneira muito mais clara, além de ter dados em mãos que garantirão que você meça o retorno que será gerado a partir de cada ação.

Outra questão importante no momento de criar o projeto de uma educação corporativa é saber onde será realizado o curso: se presencialmente ou pela internet.

Execute o seu plano

Quando tudo estiver muito bem organizado, finalmente chegou o momento de executar as tarefas. É claro que, nesse momento, você pode contar com ajuda e contratar, por exemplo, uma consultoria especializada.

Independentemente disso, é essencial pensar em maneiras diferentes de convocar os seus funcionários para fazerem parte das aulas e dos cursos. Crie incentivos para que eles participem das aulas e deixe claro quais são os ganhos que eles poderão ter a curto, médio e longo prazo.

Além disso, também é essencial que você sempre incentive o trabalho em grupo. Ou seja, por mais que as aulas sejam a distância, é imprescindível que você estimule a troca de experiências e também peça para que as pessoas deem feedbacks sobre as coisas que estão aprendendo.

Em seguida, é necessário mensurar o retorno conquistado a partir dos treinamentos e sempre estabelecer novas maneiras de aprimorar os cursos que está oferecendo.

Tenha líderes como corresponsáveis

A aprendizagem dentro das organizações representa, definitivamente, mais insights e mais conhecimento compartilhado. Os principais programas de educação corporativa que existem no mundo contam com líderes empresariais como corresponsáveis pela prática. Muitas vezes, como já destacamos, são eles que fazem o papel de professores.

É essencial que os objetivos da educação corporativa sejam claros e, principalmente, estejam atrelados com a estratégia da empresa. Organizações que investem na educação corporativa estão na linha de frente daquilo que podemos classificar como um efetivo e contínuo desenvolvimento dos seus colaboradores.

Mais do que capacitar colaboradores para que eles ganhem motivação, produtividade e tragam resultados para a empresa, a educação corporativa é, principalmente, uma forma de incentivar o desenvolvimento profissional e humano. Esse tipo de atitude demonstra que sua empresa está realmente preocupada em ir além dos lucros por si só.

Um dos grandes desafios desse processo é um criar um ambiente de aprendizagem no qual o funcionário se sinta parte de todo o processo. Ele precisa entender a importância da aprendizagem contínua e ter a consciência de que isso é bom não somente para as metas empresariais, mas para o desenvolvimento pleno e efetivo da sua própria carreira.

Evolução da educação corporativa

Quanto mais as empresas entenderem a importância da educação corporativa, mais elas a trarão para a realidade do seu dia a dia. Afinal, que empresa não quer contribuir para o desenvolvimento dos seus funcionários e, ao mesmo tempo, ter sucesso em suas estratégias de negócio?

Definitivamente, as organizações estão cada vez mais preocupadas com as vantagens e os benefícios que os cursos proporcionam. Assim, buscam sempre aprimorar essa prática em seu dia a dia. Nesse sentido, vale dizer que um curso curto não é mais eficiente.

Ou seja, é preciso criar treinamentos mais extensos, de forma a oferecer uma capacitação abrangente e completa, entregando ao colaborador uma formação teórica e prática totalmente alinhada aos objetivos da organização.

No entanto, nesse caminho, surgem problemas relacionados, principalmente, com a certificação. Apenas cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) podem oferecer determinadas certificações, como um título de graduação. Para as empresas conseguirem isso, precisarão passar por processos de adaptação.

Universidades corporativas

É nesse contexto que surgem as Universidades Corporativas, que representam o futuro da educação corporativa. Elas funcionarão para suprir a necessidade de um treinamento estratégico e completo, com a vantagem da certificação e do reconhecimento do MEC.

Em linhas gerais, uma Universidade Corporativa é uma instituição de uma determinada empresa, privada ou pública, que tem como missão educar os funcionários em diversos níveis, de forma que a empresa tenha operações mais eficientes. Os cursos podem ser realizados com status de técnico, completamente personalizados pela empresa.

Claro que investir nesse tipo de estratégia é uma decisão séria e grande, com foco no longo prazo, mas que pode trazer benefícios não só para a empresa, mas para o mercado como um todo.

A educação corporativa é sinônimo de informação rápida e de fácil acesso, que será essencial para o desenvolvimento profissional e pessoal dos colaboradores da organização.

Para que essa prática seja um sucesso em sua empresa, lembre-se sempre de contar com as ferramentas mais apropriadas à realidade da sua corporação. Hoje em dia, é imprescindível investir em um serviço que realmente traga o retorno que almeja para a sua empresa.

Por fim, vale reforçar que a educação corporativa tem o objetivo de entregar resultados principalmente no longo prazo. Por isso, no início, pode ser que você precise da ajuda de pessoas ou organizações com mais experiência na área.

Nesse sentido, pode ser uma ótima ideia contar com o trabalho de uma consultoria que será essencial para você atingir as suas metas de forma mais rápida e precisa. Dessa forma, recomendamos a leitura do artigo “Como escolher um serviço de consultoria de varejo?”.

Sem comentários

Cancelar